Livros

O Pide

O Pide Uma tragédia em duas farsas

2017 | 92 pp. | Paperback

ISBN: 978-3-7448-6976-8

 

“Este é o livro mais violento da autoria de Miguel Oliveira. O autor leva a injustiça e a brutalidade da ditadura ao palco e dá voz às vítimas de tortura que sofreram nas mãos do regime. Trata-se de um texto insuportável por ser e não ser de ficção.” Dr.ª Susana de Abreu

 


From a Man without a Country to an American by Choice

John Dos Passos and Migration

2013 | 492 pp. | Ilustrado | Hardcover

ISBN: 978-3-7322-8006-3

 

“O livro de Miguel Oliveira é o retrato mais completo alguma vez elaborado sobre John Dos Passos como indivíduo. Graças a Oliveira é-nos possível perceber como a experiência migratória da família de Dos Passos influenciou as suas obras mestres.” Lucy Hamlin Dos Passos Coggin, filha do escritor (www.johndospassos.com)

 

“Este trabalho informativo de Oliveira abre novas perspectivas sobre a centralidade da imigração como chave para perceber melhor este escritor, a sua complexa história familiar, a sua imersão na política e a sua paixão por viajar, as suas próprias migrações ao longo da vida e a sua incansável busca por maneiras de construir as suas “crónicas” da vida colectiva e dos eventos cruciais que marcaram o século XX.” Lisa Nanney, University of North Carolina, Asheville

 

“Miguel Oliveira escreveu um impressionante livro que deve ser referido por qualquer pessoa interessada no assunto que diz respeito ao fascínio de John Dos Passos com o seu legado português. Mais, este é um manual actualizado que será extremamente útil para qualquer pessoa que estude a vida e a obra deste importante escritor americano.” Townsend Ludington, Boshamer Professor Emeritus of American Studies and English, The University of North Carolina at Chapel Hill. Editor de The Fourteenth Chronicle: Letters and Diaries of John Dos Passos e autor da biografia autorizada John Dos Passos: A Twentieth-Century Odyssey

 


Günter Grass a Passo de Caranguejo

Biografia, Com Testemunhos de Mário Soares, Yvette Centeno, João Barrento e outros

2007. 272 p.

ISBN: 978-972-8532-02-4

 

“O livro de Miguel Oliveira convida-nos a fazer uma viagem, quase labiríntica, à descoberta de um dos maiores vultos da Literatura Internacional. É igualmente uma obra de consulta e leitura obrigatórias para todos aqueles, amantes e apreciadores de Günter Grass ou especialistas, que desejem conhecer melhor a vida e obra deste autor, compreendê-la na sua riqueza, no seu todo ou simplesmente lê-la, como parte integrante na formação pessoal. Fruto de uma aprofundada investigação biográfica e literária, a presente obra traz à luz um manancial de informações, incluindo um conjunto de fotografias e documentos, alguns dos quais desconhecidos do público em geral, que transportam o leitor para um universo de verdadeira aristocracia literária. Através deste livro de Miguel Oliveira podemos conhecer melhor Günter Grass, enquanto homem e enquanto escritor.” Mestre Marisa Santos, Jornal da Madeira

 

“Sendo luso-germânico, Miguel Oliveira sente-se muitas vezes no limiar de duas culturas, que aprendeu completamente, dominando na perfeição as línguas alemã e portuguesa. A influência linguística germânica permitiu-lhe estabelecer profícuos contactos com o seu conterrâneo laureado com o Prémio Nobel da Literatura, Günter Grass. Dessa ligação privilegiada resultou a elaboração, por parte de Miguel Oliveira, da primeira biografia portuguesa deste escritor alemão, [...] até à data, a única biografia actualizada deste autor existente no mercado livreiro português e estrangeiro.” Mestre Duarte Mendonça, Portuguese Times (EUA)

 

“Um livro muito interessante e completo que narra toda a vida de Grass até aos nossos dias.” Dr. Filipe d’Avillez, Os Meus Livros

 


Vom Scheitern eines Traums

John Dos Passos und Migration

2007. 104 p.

ISBN: 978-3-8370-0768-8

 

Esta monografia estuda a importância da migração na vida e obra do escritor norte-americano de ascendência lusa, John Dos Passos; apresentando ao mesmo tempo novos dados biográficos relacionados com Manoel Joaquim dos Passos, avô do escritor. Este emigrou em 1830 para os Estados Unidos da América para fugir ao serviço militar português.

 

“Acho a sua prosa excelente, pensamento bem articulado e correctamente expresso, dirigido ao essencial do que se pretende dizer. Qualidades bem raras hoje em dia.” Doutora Yvette K. Centeno, Professora Catedrática da Universidade Nova de Lisboa

 


Kein Leben vor dem Tod

Der Versuch einer Biographie

2ª Edição. 2008. 108 p.

ISBN: 978-3-8370-0314-7

 

É através de um diário, cartas, poemas e através de várias perspectivas de narração que o leitor vai conhecendo melhor a protagonista da novela. Jasmin é uma jovem cuja vida chegou ao “ponto morto”. A sua vida é aborrecida. Sem perspectivas e, por isso, desorientada, no meio da sociedade, dos valores da nova geração MTV, Jasmin anda à procura do verdadeiro amor. Mas depois de duas experiências desastrosas com namorados, Jasmin decide pôr fim à sua vida. O seu suicídio é o ponto de partida para os seus amigos procurarem por respostas que giram em torno da terrível pergunta: porquê. Contudo nenhum dos personagens encontrará resposta válida. É somente o leitor que se aperceberá aos poucos das verdadeiras razões do suicídio de Jasmin Hertz.

 

“Gostei muito da sua narrativa! Fiquei comovido com a história e pela sinceridade que transparece nas linhas. Está muito bem escrita: a mudança de registos, de perspectivas, de voz!” Doutor António Dinis, Universidade de Viena, Áustria

 


Sem Título

2008. 144 p.

ISBN: 978-989-95704-6-7

 

“Nos poemas Sem Título Miguel Oliveira questiona, entre outros, a r/existência do poeta português, a vida a dois entre homem e mulher, a crise económica, política e estrutural do país… Ele explora as situações mais banais do quotidiano, encontrando nelas o momento poético. A linguagem de Oliveira é simples e concisa. A sua “marca” é a ironia, o uso de palavras de duplo sentido e a redução ao mínimo de estruturas gramaticais. Com o seu lema: “ser poeta é ler um poema…” entrega às mãos do leitor a responsabilidade de atribuir sentido às palavras que emprega. A simples leitura corresponde assim ao processo íngreme de re/criação. Sem dúvida que Sem Título constitui uma leitura apaixonante para os enamorados da poesia!” Susana de Abreu

 

“A poesia de Miguel Oliveira poderá enquadrar-se no estilo pós-modernista, na medida em que apresenta pequenos textos, através dos quais o leitor é convidado a inferir um ou mais sentidos.” Mestre Duarte Mendonça, Portuguese Times, (EUA)

 

“Adorei os seus poemas portugueses: concisos e claros, modernos mas poéticos.” Doutor António Dinis, Universidade de Viena, Áustria

 


John Dos Passos’ Influence on Günter Grass: A Study on Two Memory-Writers and Two Distinct Approaches towards Migration as a Literary Theme

2008. 72 p.

ISBN: 978-3-8370-6624-1

 

“Este ensaio divide-se em duas partes. Na primeira Miguel Oliveira foca o modo pelo qual John Dos Passos influenciou o escritor alemão Günter Grass e os compromissos políticos referentes à migração, que ambos abordaram. A segunda parte deste estudo teve por objectivo analisar a migração como tema literário nas suas obras, que Dos Passos e Grass abordaram de diferentes ângulos. […] Ao longo deste estudo, Miguel Oliveira apresenta-nos várias citações das obras destes dois autores, assim como de outros que escreveram sobre eles, contribuindo deste modo para dar-nos uma visão isenta e rigorosa sobre o tema em estudo.” Mestre Duarte Mendonça, Portuguese Times (EUA)

 

“Ao escrever sobre um autor alemão e analisando a situação migratória portuguesa na grande literatura mundial, as publicações de Miguel Oliveira assumem a função de uma ponte entre a cultura alemã e a cultura portuguesa. Creio que as suas obras irão encontrar um público interessado pois incluem informações, testemunhos e análises que ainda não estavam ao dispor dos leitores.” Doutor Peter Hanenberg, Professor da Universidade Católica Portuguesa

 


Classified and Confidential

F.B.I. File N.º 972497

Subject: John Dos Passos

2008. 192 p.

ISBN: 978-3-8370-7002-6

 

“Este estudo inédito desvenda as razões por detrás do interesse do F.B.I. em investigar este escritor modernista a partir da década de quarenta do século passado. A simpatia que este tivera pelo movimento comunista, antes de se desiludir com o mesmo, foi mais que suficiente para despoletar as suspeitas que sobre ele recaíram sobretudo durante a era de McCarthy, que ficou famosa pela caça às bruxas.” Mestre Duarte Mendonça, Portuguese Times (EUA)

 


Ensaios…

2009. 164 p.

ISBN: 978-3-8370-0941-7

 

Este volume reúne ensaios sobre diversas áreas, como a opinião pública, a literatura, história e cultura, a pedagogia e teologia. Todos os ensaios foram lidos entre 2003 a 2008 na Região Autónoma da Madeira, ora no Funchal, nomeadamente na Casa Museu Frederico de Freitas, ora na Ponta do Sol, no Centro Cultural John Dos Passos; à excepção do último texto, concebido como apresentação pública da biografia portuguesa de Humberto Delgado, da autoria de seu neto, Doutor Frederico Delgado Rosa que teve lugar no âmbito da Feira do Livro do Funchal de 2008.

 

O livro reúne os seguintes artigos:

  •  “Distorção ou Informação: A Opinião Pública”
  • “Domesticação: A Educação Nacional-Socialista em Estudo na Obra Juventude sem Deus da Autoria de Ödön von Horváth”
  • “A Importância da Imagem: O Uso da Banda Desenhada de Erich Ohser nas Aulas de Alemão”
  • "Refugiados e Displaced Persons: Uma Análise das Obras Tour of Duty de John Dos Passos e A Passo de Caranguejo de Günter Grass”
  • “`Submetei-vos todos às autoridades´ – O Pensamento Teológico de Dietrich Bonhoeffer”
  •  “Pela Liberdade – Recensão Crítica Sobre a Obra: Humberto Delgado, Biografia do General Sem Medo”

“Trata-se realmente de um conjunto de textos muito interessantes tendo como objectivo a literatura, a história e a cultura.” Doutor h.c. Mário Soares, Ex-Primeiro-Ministro e Ex-Presidente da República Portuguesa

 

“A leitura desta obra torna-se obrigatória para todos quantos queiram melhor conhecer a história europeia do século XX, com especial incidência para a história alemã, no período anterior e posterior à 2ª Guerra Mundial, e ainda sobre a recente história nacional, através da recensão da biografia do célebre General Sem Medo. No seu conjunto, estes textos, devidamente fundamentados e complementados através de elucidativas e interessantes notas de rodapé, apresentam aos leitores uma interessante e por vezes desconhecida visão de uma importante parte do mundo na anterior centúria.” Mestre Duarte Mendonça, Portuguese Times, (EUA)

 


Ödön von Horváth

Juventude sem Deus

(Tradução e Prefácio de Miguel Oliveira)

2009. 206 p.

ISBN: 978-972-8966-59-1

 

“O facto de estes rapazes refutarem o que me é sagrado, não é o mais grave. Grave é como o refutam: sem conhecimento. Mas pior do que isso é não querem o conhecimento. Odeiam todo o pensamento. Não dão importância ao ser humano! Querem ser máquinas, parafusos, rodas, êmbolos, correias – porém, antes mesmo de serem máquinas, preferiam ser munições: bombas, projecteis explosivos, granadas. Como anseiam morrer num qualquer campo de batalha. O seu nome inscrito num monumento dedicado aos soldados mortos na guerra é o sonho da sua puberdade.” Ödön von Horváth, Juventude sem Deus

 

“Felicito-o, pois, pela tradução desta obra-prima do autor, o retrato de uma juventude que viveu um período da história em que dominava o regime ditatorial e que importa dar a conhecer às novas gerações.” Doutor h.c. Mário Soares, Ex-Primeiro-Ministro e Ex-Presidente da República Portuguesa

 

"Como grande admiradora e entusiasta da obra de Horváth fiquei muito contente com a notícia desta tradução. É uma boa notícia para a história da tradução em Portugal." Doutora Teresa Seruya, Professora Catedrática da Universidade de Lisboa

 

“O estilo é contido, sincopado, friamente lírico, por vezes, quase impessoal. O estilo de um “observador”. Mas um observador implicado.” Mário Santos, Expresso

 

“É um livro que se lê com vivo interesse pois contém um grito de alerta contra as práticas do nacional-socialismo na Alemanha do final da década de 30, que iria fazer submergir este país no infame nazismo...” Mestre Duarte Mendonça, Portuguese Times, (EUA)

 


Manual de Aprendizagem,

Metodologia de Estudo e Técnicas de Comunicação e Expressão do Alemão

2009. 188 p.

ISBN: 978-3-8391-3423-8

 

Foi com a preocupação em apoiar os alunos do ensino secundário e superior que surge este manual, fruto de uma ampla experiência de docência por parte dos seus autores. Desde como funciona o cérebro na aprendizagem de uma língua estrangeira, a como se define e escreve um texto coeso e coerente o manual auxilia o aluno nas várias tarefas que lhe são solicitadas durante os seus estudos liceais e universitários. Em dez capítulos o manual explica numa linguagem simples e concisa, como e quando se usa um dicionário monolingue ou bilingue, como se fazem traduções, e como se escreve um trabalho académico, bem como se apresenta o mesmo em frente de um público sem deixar transparecer nervosismo. Para além disso o manual adverte, entre outros, para como escrever actas, retóricas, cartas, e-mails, faxes e o curriculum vitae. A obra contou com o apoio do Instituto Alemão de Lisboa, (Goethe Institut, Lissabon)

 

Sobre o Aprender e o Esquecer

Como Trabalhar um Texto de Língua Estrangeira

Problematização

Como Preparar uma Acta

Como Escrever Cartas, Faxes e E-mails

Como Traduzir

Como Fazer um Trabalho de Pesquisa

Como Dirigir uma Discussão

A Arte do Bem Falar

Como Escrever um Curriculum Vitae

 

“Um excelente auxiliar que inclui exercícios preciosos…”

“Um manual importante que exemplifica as técnicas e as metodologias do auto-estudo…”

 


Uma Mão Cheia do Teu Sorrir

& Partiu à Meia-Noite

2009. 100 p.

ISBN: 978-989-20-1857-7

 

«Respetable público…, no, respetable público no, público solamente…» Era assim que Lorca se dirigia à audiência nos teatros improvisados do campo, antes do pano se abrir; muito quando se abria o pano, porque na verdade muitas vezes nem pano havia para ser aberto…

O tema de eleição na obra de Lorca era a morte. A morte que sempre se fez à rua. Que entra e sai nas tabernas de Málaga. A morte que nos olha das torres escuras. Pungente aquele olhar. Que nos segura entre as garras…

 

“A obra já vasta de Miguel Oliveira impressiona pela variabilidade dos registos estilísticos que emprega e pela originalidade e a força das imagens que evoca.” Susana de Abreu

 

"O novo livro do jovem autor Miguel Oliveira reúne dois textos: Uma Mão Cheia do Teu Sorrir e Partiu à Meia-Noite. O primeiro, uma narrativa habilmente construída põe em questão as fronteiras genológicas estabelecidas pelos Estudos Literários. Trata-se, aliás, de uma das características da obra de Miguel Oliveira: explorar as virtualidades de um texto. Ao mesmo tempo revela uma certa afinidade com o mundo popular, tanto em termos temáticos como de voz, ao recriar pós-modernamente a figura do contador de histórias. A biografia poética de Federico Garcia Lorca entrelaça sabiamente a vida do poeta com figuras de uma das suas obras magnas: a peça de teatro Yerma. É um texto pleno de grandes emoções e acções, que também faz lembrar o “Ano da Morte de Ricardo Reis” de Saramago. E já como noutros textos de Miguel Oliveira, somos de novo confrontados com a crueldade humana e a Morte. Leitura estimulante que recomendo vivamente." Doutor António Dinis, Universidade de Viena, Áustria

 

“Obra genial, culta e artística de Miguel Oliveira, que vale a pena ler, pois é mais uma obra de arte sua, artificiosa com tarefas de gabinete e de pesquisa, retratando e caracterizando bem o lado artístico do mui conhecido García Lorca.” Danilo Pereira, (Biblioteca Regional da Madeira) no Cultura Online

 

 © Secretariado Miguel Oliveira, 2007-2018.

Todos os direitos reservados.